Habilidades pessoais

Compartilhar em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Fonte: chezbeate | Pixabay
Nos cuidados com a pele é importante observar a cor, a textura (se está gordurosa ou aveluldada ), a temperatura, a hidratação e a elasticidade. A pele deve sempre estar lisa, quente e suave e os lençóis devem sempre estar bem esticados.
É importante ficar atento aos locais mais úmidos do corpo, como as dobras da virilhas. Odores intensos nestes locais, podem ser sinal de má higiene ou suor excessivo causado por dor ou febre.
Se a pele do indivíduo estiver seca nas extremidades (mãos, braços, pernas e pés), o banho pode ser dado com menor frequência e é preciso se certificar de retirar todo o sabão pois os resíduos podem causar rupturas da pele e infecções.
Lesões do tipo acnes podem surgir na face, nas costas e ombros. Nesse caso, lave a região diariamente para remover toda a oleosidade, evite uso de máscaras, cremes ou óleos pois esta condição está relacionada ao excesso de oleosidade da pele. Em caso de complicação, essa lesões podem se agravar exigindo uso de antissépticos.
Compressas frias ajudam aliviar a coceira que podem surgir como reação da pele a algum produto ou medicação, você pode usar este recurso.
Fique atento: vermelhidão e calor em locais de pressão óssea como calcâneos, escápulas, trocânteres, podem indicar início de um processo de infecção. Mantenha essa área livre de pressão, proteja a pele estimulando a circulação com massagem suave.
Em caso de úlceras com secreção purulenta, solicite suporte de equipe profissional pois é provável que haja infecção por bactérias e o uso de antibióticos precisa ser avaliado.
REFERÊNCIAS
PERRY, Anne G. POTTER, Patricia A. ELKIN, Martha Keene. Procedimentos e Intervenções de Enfermagem. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.