Habilidade Pessoais

Compartilhar em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Imagem: Rawpixel.
  1. Imobilidade: quando a pessoa tem sua capacidade de se movimentar limitada algumas áreas do corpo ficam expostas a uma pressão maior e os órgão e tecidos desta região sofrem com diminuição da circulação sanguínea. Portanto, é muito importante não deixar a pessoa mais de duas horas na mesma posição.
  2. Sensibilidade: pessoas com alguma paralisia ou com deficiências na circulação sanguínea são incapazes de perceber o surgimento de uma lesão por meio da dor. Neste caso é importante observar a saúde da pele, como já indicado em outro post.
  3. Nutrição e hidratação: pessoas com ingesta baixa de calorias, proteínas e pouca água, desenvolvem a pele mais fina e com menos elasticidade. Fique atento a estes cuidados pois são fatores muito importantes na proteção da pele.
  4. Secreções e excreções: A umidade da pele causa o crescimento de bactérias. A presença de secreções de feridas, suor, urina ou fezes causam danos a pele e infecções. Circulação: o sangue que circula pelo corpo é responsável por nutrir as células.
  5. Quando a circulação não está adequada estas células deixam de ser nutridas.Nesse caso é importante elevar os membros inferiores para estimular o retorno sanguíneo além de realizar atividades e de fisioterapia motora.
  6. Dispositivos: os dispositivos como gesso, curativos, ataduras, sondas, drenos, entre outros, exercem pressão sobre a pele. Fique atento para esses locais e observe os cuidados com a pele com maior frequência nestes locais.
  7. Cognição: Pessoas com menor cognição tem menor percepção da dor, ou dificuldade de sinalizá-la. Fique atento com indivíduos que apresentam pouca interação.

Bom trabalho!!!

 

POTTER, Patricia A; PERRY, Anne G. Fundamento de Enfermagem. 8ª. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.